Escolha uma Página

Conforme publicação anterior, o desenhista industrial e gerente de desenvolvimento de produtos da Nino Faróis, Lázaro Moraes, deu dicas para detectar se os faróis se encontram em boas condições de uso noturno.

Neste capítulo, e com o auxílio do engenheiro Jaílson, será feita uma demonstração com as técnicas de como realizar a regulagem do farol do veículo.

Como regular

De maneira genérica, a inclinação padrão é sempre caimento de 1%.

  1. Com o carro parado em um local plano e com os pneus calibrados, faça uma marca na parede com as medidas dos centros dos faróis, esquerdo e direito, com a distância exata até o solo;
  2. Recue o veículo para trás, o máximo possível, sem girar a direção. A distância mínima de recuo é de três metros, mas a ideal é de cinco metros;
  3. Uma outra marca deve ser feita, descendo um centímetro da marca original para cada metro recuado;
  4. Em duas folhas de papel sulfite, faça uma linha horizontal do centro para a esquerda e inclinada 15 graus para cima do centro para a direita;
  5. Cole o papel de maneira que o vértice da linha desenhada fique sobre a segunda marca deslocada para baixo. Estas são as referências exatas para a regulagem do farol;
  6. Ascenda o facho baixo e localize os parafusos de regulagem;
  7. Em cada farol existem sempre dois parafusos: um para a regulagem vertical e outro para a regulagem horizontal. Gire-os até que as linhas de projeção coincidam com as marcas.

Se o motorista preferir, procure uma oficina especializada que possua o equipamento de regulagem de faróis chamado “regloscope” também popularmente conhecido como reguloscópio. Este equipamento possui uma lente que permite a projeção do facho de luz dentro de uma câmara com painel, onde a inclinação, que é determinada pelo fabricante, é reproduzida no aparelho. Dependendo da inclinação da carroceria com peso total no porta malas, uma maior inclinação pode ser determinada pelo fabricante do veículo, de modo que o facho baixo nunca ultrapasse a linha horizontal ou atrapalhe o condutor do veículo contrário. Exemplo inclinação de 1,2%.

Clique aqui para ver o vídeo.